Coração moído

Quando o coração da gente sangra, todas as palavras do mundo não representam nada. Os discursos são vazios. As reflexões mais sábias tornam-se tolas. Atônitos, quietos, perplexos, assistimos ao desfile da morte. Foi assim que ela levou um querido e admirado amigo que, em pouco tempo, não suportou a um terrível câncer. Novo demais com sonhos e trabalhos pela frente. Com um filho recém nascido e uma jovem esposa. Um doce casal. Um amigo gentil.

Sua falta nunca será preenchida. Sua ausência servirá sempre para nos lembrar que a vida é um sopro. Que a dor não escolhe apenas aos maus. Que, se não acreditarmos em Deus e em sua pátria celestial, somos os mais miseráveis dos homens.

Resta nos pedir o consolo divino. A Graça que enche nosso coração de alegria mesmo diante das mais adversas situações. Resta enxugar às lagrimas, demonstrar amor e humanidade. Consolar as mães, as viúvas, os aflitos da alma. Resta nos aquietar e saber que Deus bom. Sim, Deus é bom.

“Eu tenho sede de ti, o Deus vivo! Quando poderei ir adorar na tua presença?
Choro dia e noite, e as lágrimas são o meu alimento. Os meus inimigos estão sempre me perguntando: “Onde está o seu Deus?” Quando penso no passado, sinto dor no coração. Eu lembro quando ia com a multidão à casa de Deus. Eu guiava o povo, e todos íamos caminhando juntos, felizes, cantando e louvando a Deus. Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.” (Salmo 42)

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

3 Respostas para “Coração moído

  1. Mmflorzinha

    Cara, falou e disse, sentiremos muita falta desse cara que foi um cristão que deixava Deus orgulhoso…
    Como ninguem sabe o harário em que viajará para casa celeste, resta-nos viver e intensamente com o Senhor e com os amigos!
    bjus

  2. Sara

    Viver na presença dEle, para Ele e com Ele. Lema atual da minha vida… A vida é mesmo um sopro e sem Ele nada somos, sem a graça dEle ficamos perdidos nesse mundo e não fazemos diferença…
    Que Deus console o coração dessa família e que eles sempre se lembrem que Deus é bom e que só Ele pode confortar os corações. Quando você falou sobre consolar as viúvas, lembrei desse versículo: “Para Deus, o Pai, a religião pura e verdadeira é esta: ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo.” (Tiago 1:27).
    Um abraço, Marcelo!

  3. Nani Santos

    Se nossa esperança, sonhos e projetos forem apenas para esta vida, somos os mais miseráveis de toda a terra.
    O conforto que sinto em toda e qualquer perda, e ainda nos momentos difíceis, é o de que um dia zombaremos da morte, riremos da tristeza e nos regozijaremos por encontrar pessoas tão queridas novamente no lugar onde não haverá mais dor, nem morte, nem tristeza, nem fome, nem desigualdade, nem injustiça; o lugar que nosso Pai está construindo para os que crerem em seu Filho Jesus. Não fosse assim, tudo seria em vão, da vida do Alê à morte de Cristo. Ainda bem que temos Jesus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s